Contato

contato@amazzonigin.com

Revenda e Distribuição

contato@amazzonigin.com

Website criado por Thiago Modesto

Onde Estamos

SP

Gin Club

www.ginclub.com.br

SP

Emporium Gourmet

Av. Vinte e Três, 536 – Centro – Barretos

SP

Jacarandá

R. Alves Guimarães, 153 – Pinheiros

SP

Ranieri Tabacaria

Alameda Lorena, 1221 – Jardim Paulista

SP

SUPERMERCADOS PADRÃO BUTANTÃ

Av. Vital Brasil, 652 – Butantã

SP

METAPUNTO

R. Cantareira, 651 – Luz

SP

KUCHO’S PREMIUM

Rua Teodoro Sampaio, 630 – Pinheiros

SP

Banca do Ramon

R. Cantareira, 306 – Luz

SP

Empório Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569 – Consolação

SP

Armazém de Los Man

Rua Dr. Vigílio de Carvalho Pinto, 171 – Pinheiros

SP

Casa Santa Luzia

Alameda Lorena, 1471 – Jardim Paulista

SP

MR Man

(11) 2249 9000

RJ

Posto Record Shell

Leblon e Lagoa

RJ

Tricana Barra

Shopping Millennium – Av. das Américas, 7707 – Loja 112

RJ

Lidador

Rio de Janeiro

RJ

SUPERMERCADOS ZONA SUL

Zona sul – Rio de Janeiro

RJ

Safra Wine Stores

Avenida Atlântica 4240 – Copacabana

RJ

Porto Di Vino

Praça Santos Dumont, 140 – Gávea – 2137-4154

RJ

A Garrafeira

Rua Dias Ferreira, 259 – Leblon (21) 2512-3336

RJ

Bar do Momo

Rua General Espírito Santo Cardoso, 50 – Tijuca

RJ

Empório Jardim

Rua Visconde da Graca, 51 – Jardim Botânico

Quer ser distribuidor Amázzoni em outros estados e no mundo? Entre em contato conosco.

Cocktails

Mangue Seco

A REDESCOBERTA DAS AMAZONAS

Método: misturado
Guarnição: fatia de picles de maxixe.
Copo: Martini

 

Ingredientes:

100ml de Gin Amázzoni
10ml de Vermute Branco seco
5ml de maxixe em conserva
Picles de maxixe

 

Preparação:

Colocar todos os ingredientes em um mixing glass e encher com gelo.
Misturar lentamente e coar com a ajuda de um strainer em uma taça
de Martini anteriormente refrigerada. Decorar com uma fatia
de picles de maxixe.

Cocktails

Negroni da Fazenda

A REDESCOBERTA DAS AMAZONAS

Método: misturado
Gelo: pedra
Guarnição: fatia de laranja
e semente de cacau.
Copo: americano curto

 

Ingredientes:

30ml de Gin Amázzoni au chocolat*
30ml de Campari
20ml de Vermute Rosso
10ml de Amaro Lucano ou similar

 

Preparação:

Misturar levemente os componentes no copo
e decorar com fatia de laranja e semente de cacau.

* Amázzoni au chocolat
Colocar dentro de uma garrafa de Amázzoni
15grms de cacau em grãos por 24 horas.

Cocktails

Cioba

A REDESCOBERTA DAS AMAZONAS

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: pepino, fatia de limão
e pimenta do reino moída.
Copo: médio

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
100ml de suco de tomate
5ml de pimenta comarí do pará
Golpe de pimenta malagueta
Sal
15ml de sumo de limão
15ml de molho inglês

 

Preparação:

Mexer todos os ingredientes no copo e decorar
com pepino, fatia de limão e pimenta do reino moída.

Cocktails

Água das águas

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: uma folha de louro
e pimenta rosa em grãos.
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de água tônica Yndiá ou similar

 

Preparação:

Encher o copo de gelo e colocar 50 ml de gin, completar com água tônica
e decorar com uma folha de louro e pimenta rosa em grãos.

Cocktails

Brinco D’água

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: 1 fatia de mexerica.
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de agua tônica Viiváh ou similar
1/3 de caju

 

Preparação:

Na coqueteleira amassar o caju e acrescentar o gin.
Misturar bem e coar no copo. Colocar gelo e completar
com água tônica. Misturar e decorar.

Cocktails

Leite de Cacau

OS LEITES DE AMÁZZONI

Método: batido
Gelo: pedra
Guarnição: 3 fatias de coco torrado, 1 ramo de hortelã fresca.
Copo: americano curto

 

Ingredientes:

45ml de Gin Amázzoni
45ml de leite de castanha de caju com cacau
5ml de leite de coco
20ml de agua de coco fresca
15ml simple syrup orgânico

 

Preparação:

Colocar todos os ingredientes na coqueteleira e bater.
Coar no copo cheio de gelo e decorar.

Cocktails

Estrela D’água

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: 1 estrela de carambola.
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de agua tônica Viiváh o similar
3 estrelas de carambola amassada

 

Preparação:

No fundo da coqueteleira amassar 3 fatias de carambola
junto com 50 ml de gin Amázzoni; coar no copo, acrescentar
gelo e completar com agua tônica. Decorar com uma estrela de carambola.

Cocktails

Fresco de Coco

OS FRESCOS DE AMÁZZONI

Método: batido
Gelo: pedra
Guarnição: 2 fatias de limão.
Copo: longo

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
75ml de agua de coco fresca
25ml de caldo de cana
20ml de suco de limão

 

Preparação:

Na coqueteleira com gelo bater os ingredientes
e coar no copo cheio de gelo, misturar e decorar.

Cocktails

Fresco de Melancia

OS FRESCOS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: 1 fatia de melancia.
Copo: americano grande

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de suco de melancia

 

Preparação:

Encher o copo com gelo, colocar o gin
e o suco de melancia. Misturar bem e decorar.

Cocktails

Gomos D’água

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: 1 fatia de maxixe
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de água tônica Viiváh o similar
25ml de suco de mexerica

 

Preparação:

Passar a fatia de maxixe na borda interna do copo.
Colocar no copo o suco de mexerica, o gin e o gelo.
Completar com agua tônica, misturar e decorar.

Cocktails

Coco D’água

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: cubo
Guarnição: 1 castanha do Pará torrada e lascas
de chocolate amargo (entre 70% e 90%).
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de agua tônica Viiváh ou similar
25ml de agua de coco fresca

 

Preparação:

Encher o copo com gelo e colocar o gin, a agua de coco
e completar com a agua tônica. Misturar e decorar.

Cocktails

Musa D’água

AS ÁGUAS DE AMÁZZONI

Método: amassado direto
Gelo: pedra
Guarnição: 1 fatia de banana com casca
e 1 ramo de manjericão com flor
Copo: gin tônica

 

Ingredientes:

50ml de Gin Amázzoni
150ml de agua tônica Viiváh ou similar
1/3 de banana amassada

 

Preparação:

Em uma coqueteleira amassar a banana com o gin Amázzoni,
coar no copo e acrescentar gelo. Completar com água tônica,
misturar e decorar.

Cocktails

Fresco de Mamão

OS FRESCOS DE AMÁZZONI

Método: direto
Gelo: pedra
Guarnição: fatia de mamão com sementes
Copo: largo

 

Ingredientes

50ml de Gin Amázzoni
120ml de suco fresco de mamão
15ml de simple syrup orgânico

 

Preparação:

Encher o copo com gelo, colocar o gin,
o simple syrup e o suco de mamão.
Misturar e decorar.

Home Gin Home

A Fazenda Cachoeira

Situado no verdejante rio Paraíba, cerca de 130km do Rio de Janeiro, o lugar aonde o Amázzoni ganha vida é uma fazenda do ano 1717, restaurada a perfeição no esplendor dos seus 300 anos. Ao longo de sua história, entre os secúlos XVIII e XIX, a fazenda funcionou como uma florente plantação de café. Em 1902, implementou o sistema de tratamento de cana de açúcar e de um moinho, feito de pedra, para a produção de farinha de grão, hoje ainda em funcionamento.

A Destilaria

Fora do tempo

A propriedade surge no meio de um ambiente até hoje incontaminado, entre mangues e palmeiras imperiais, vastas planícies, plantações, cria de gado de corte e áreas lacustres dedicadas a piscicultura: um autêntico paraíso terrestre. Verdadeiro coração da Fazenda Cachoeira é porem a laguna central aonde espelha-se o elegante perfil branco e azul do edifício principal aonde a Destilaria Amázzoni encontrou sua casa.

O Alambique

A todo vapor

A poderosa caldeira original à lenha – que exala através da antiga chaminé de 15 metros de altura, em tijolos vermelhos da época – alimenta o alambique para a fervura das infusões e, mete a fogo o processo através do qual a mesma água das vizinhas cachoeiras se torna o néctar em nossa garrafa.

O Néctar

O feitiço da Naiá

A intensa mistura é levada à fervura, evapora, e passando na torre de resfriamento, torna-se líquido cristalino. É nesse instante catártico que Naiá aparece, diluindo o destilado com a água da fonte até os 42 graus do nosso Gin, néctar com gosto mórbido, nem plenamente dry, nem exasperadamente aromático. Talvez único.

G.I.M

Fundido no Brasil

O alambique em cobre, é o primeiro projetado e fundido no Brasil, coração pulsante e orgulho da Destilaria Amázzoni.

Os Alquimistas

Podemos até fingir não acreditar no destino, mas curioso é que as iniciais dos sobrenomes dos nossos alquimistas formam a palavra mágica “GIM”, e somente aqui (visto que em todo o mundo chama-se GIN, com N) podia nascer o nosso destilado. O primeiro com uma casa própria no Brasil, mas com forte acento internacional e uma clara inspiração de "la dolce vita italiana".

Arturo Isola

É emigrado no Brasil por amor, zarpando de Gênova como Cristoforo Colombo, Garibaldi e a família do seu hermano Tato Giovannoni. Arquiteto e designer por formação, viajante curioso, dedica a maior parte do seu tempo criando o que gostaria de ter nos lugares aonde vive. No Rio de Janeiro, idealizou e criou o bar que gostaria de frequentar, o gelato que estava faltando e as cervejas que estava afim de beber. Agora é a vez do gin, e em breve das aguas tônicas. Como primeiro passo no Amázzoni plantou, um pé de mexerica na Fazenda porque seu pai sempre dizia que “na vida somos o que plantamos” (e porque os frutos darão uma boa infusão). De gin já tem bebido muito no Velho e no Novo Mundo, mas produzi-lo, diz ele, tem um outro gosto.

Tato Giovanonni

Argentino e xeneise de la Boca, família de Lucca. É reconhecido como um dos mais expertos mixologist do planeta. Tem a intuição dele por atrás do ‘Principe de los Apostoles’ (primeiro gin argentino de hierva mate), como pela agua tônica ‘Pulpo blanco’. No passado, foi estudante de cinema em L.A., pedreiro, jardineiro em Boston e também diretor de arte, cantor de chuveiro e autor do livro ‘El mar de Tato”. Hoje é principalmente pátron e factotum do Floreira Atlântico, eleito duas vezes o coquetel bar número um na América Latina, e por três vezes entre os 50 melhores do Mundo. Com bom direito, se auto define “homem do renascimento” e em 2014, o La Naciòn o colocou entre as 50 mentes mais inspiradoras da Argentina.

Alexandre Mazza

O único brasileiro autêntico da companhia, nasceu no Operário Futebol Clube, de Ponta Grossa, no Paraná. Já em São Paulo, divide o apartamento com músicos de Jazz e troca a bola por um contrabaixo, paixão que o levará logo em seguida fundar no Rio o estúdio de gravação Totem, frequentado pelo gotha musical dos anos 90. Já barman, manager de restaurantes in da boêmia carioca, andou alternando o balcão com os palcos (abrindo, entre outros, shows do Oasis), antes de se descobrir intensamente inspirado pelos reflexos em Paris. Hoje artista consagrado de vídeo arte, já ganhou espaço em coleções de importantes museus internacionais. Deu luz para a transparência do vidro da garrafa Amázzoni. Com passo breve, minucioso e detalhista, reza a lenda que quando a primeira garrafa de Amázzoni saiu do forno, gritou: Por que não falas?

Herbário

Respeitar 400 anos de tradição do Gin e ao mesmo tempo se abrir aos aromas e as seduções do Novo Mundo.

Não somente o primeiro Gin criado em uma destilaria exclusivamente dedicada no Brasil, mas dessa terra acolhe em si cinco ingredientes nunca explorados antes como princípios botânicos em um Gin: zimbro, of course, e ainda louro, limão, coentro, mexerica, aroeira e os inéditos doados do coração da floresta amazônica como cacau, castanha-do-pará, maxixe e cipó-cravo. Os ingredientes são macerados em álcool de cereais e suas infusões são derramadas nas proporções calibradas pela sapiente receita del Capitán Tato, no grande alambique em cobre, o primeiro projetado e fundido no Brasil, coração pulsante e orgulhoso da Destilaria Amázzoni.

Mexerica

Citrus reticulata

Limão Siciliano

Citrus limonum

Aroeira

Schinus terebinthifolius

Cacau

Theobroma cacao

Castanha-do-Pará

Bertholletia excelsa

Louro

Laurus nobilis

Coentro

Coriandrum sativum

Maxixe

Cucumis anguria

Zimbro

Juniperus sabina

Cipó-cravo

Tynanthus elegans

A Garrafa

Gin artesanal produzido na primeira destilaria exclusiva de gin no Brasil.

Para executar um desenho exclusivo, que remete aos frascos medicinais renascentistas, resgatamos as técnicas artesanais com vidro reciclado. O abraço que protege o gin Amázzoni tinha que ser especial, como o líquido que descansa nele. As garrafas são produzidas individualmente, e a perfeição delas é medida apenas pelos olhos atentos dos artesãos. Por isso até as pequenas imperfeições são detalhes preciosos, testemunhos de todo o processo de produção.

O Alambique

O nosso alambique, carinhosamente apelidado de Estrela, é o primeiro do Brasil exclusivamente criado para gin. Representa nosso desafio de manter a pureza da destilação com os métodos tradicionais.

A Arowana

Peixe conhecido por atrair boa sorte e saúde, a chave da vida. Na lenda dos índios da etnia Aruanã, se tornou um forte guerreiro com a ajuda de Tupã, o Deus da vida e da natureza.

O Broto

Nada se cria e nada se destrói, tudo se transforma. A semente que brota de suas raízes perpetuando o ciclo da vida.

A Gota

A água sagrada. A pureza de Naiá, feita estrela por ter seguido seu sonho de abraçar a Lua. A gota simboliza a estrela que nasceu das águas e o movimento perpétuo das ondas.

Tato Giovannoni

Emblema do Capitán Tato Giovannoni, criador da receita do nosso gin e inspirado sócio do Amázzoni. Em 2015 La Nacion o inseriu entre as 50 mentes mais influentes da Argentina.

Manifesto

Pureza. Da água que nutre a Amazônia, e dá vida ao nosso gin. Água transparente como uma gota de chuva pendurada em uma folha na floresta, fresca como a natureza intacta da Amazônia mais profunda, cristalina e impetuosa como o espírito alegre e solar do nosso povo. Disso tudo brota uma receita inédita e surpreendente, com ingredientes nunca usados antes em um gin, harmonizados entre eles pelo nosso Capitán Tato Giovannoni, com a coragem de quem não tem medo de inovar, mesmo no respeito da sabedoria popular e de séculos de tradições. Velho e novo mundo que se abraçam, tornando-se um só: como aconteceu com a índia guarani Naiá, inocente e sonhadora, quis tornar-se esposa de Jaci, o grande guerreiro lunar. Se você conseguir abraça-lo, disseram para ela, você se tornará uma estrela. Por muito tempo, a linda jovem correu cada noite de braços abertos, tentando abraçar seu amor. Até que em uma noite, viu o reflexo da lua em um espelho d'água, jogou-se verso seu namorado, mas, não sabendo nadar, as águas escuras a envolveram e a arrastaram para o fundo. Foi então, por sua pura e ingênua ambição, por seu desejo de resplender, que Jaci reparou na jovem índia. E movido pela admiração de tanta pureza, a transformou em uma estrela. Hoje, em cada gota do nosso gin, renova-se o casamento entre Naià e Jaci, entre sabedoria popular e visão, entre paixão e ousadia, entre a água fonte de vida e as magias da floresta amazônica. Profundamente brasileiro, corajosamente contracorrente, orgulhoso dos próprios sonhos; radicado no seu próprio território, mas tão contagiosamente cosmopolita. Puro, verdadeiro, até naife, mas projetado ás estrelas. Eis a intima natureza do gin Amázzoni: nascido para proporcionar ao mundo os acentos escondidos da Amazônia e do Brasil menos conhecidos e justamente por isso, mais genuínos.

(G)introdução

Destilado de álcool de cereais com ervas aromáticas, especiarias e famosos botânicos. Segundo o disciplinar de Plymouth, aonde nasceu originando-se do holandês Jenever, fazer um gin parece muito simples, mera aplicação de uma fórmula matemática, ao mesmo tempo encontra-se também gin feito com maçãs, vinho, batatas e outros misturados com açafrão, pepinos, pétalas, folhas ou plantas oficinais que devem conferir ao produto final propriedades milagrosas. Certamente, em quase quatrocentos anos de produção já se viu e se bebeu de tudo. Mas nunca um gin premium, feito no Brasil, capaz de exaltar e amalgamar a perfeição aos dons dessa terra encantada e o espírito da sua gente com o respeito de uma plurissecular tradição de degustação. Nascido na atmosfera encantada da Fazenda Cachoeira, sua casa é a primeira destilaria exclusiva de Gin do Brasil. Amázzoni é um produto 100% brasileiro por filosofia, ingredientes e ciclo de produção. E isso nunca se tinha visto antes, pelo menos, não até hoje.
Garrafa de Amázzoni Gin Garrafa de Amázzoni Gin

Logotipo do Amázzoni Gin